Trabalhadores da limpeza pública querem a permanência da empresa Gaino na cidade.


Trabalhadores que cuidam da Limpeza pública se reuniram com o prefeito Derlei Delevatti (PSDB) nesta segunda-feira, 13. Os funcionários da empresa Gaino Reflorestamento, estiveram no gabinete para apresentar o posicionamento sobre o contrato emergencial de noventa dias que vencerá dentro de alguns dias, a reivindicação dos trabalhadores é que ao ser feito a licitação os mesmos sejam mantidos nos postos de trabalho.
A empresa de prestação de serviços de limpeza urbana foi contratada no inicio do mandato da atual gestão municipal na categoria emergencial para realizar serviços de limpeza em todos os bairros da cidade, este contrato de 90 dias vence no final do mês de março, a partir desta data o governo municipal deve abrir licitação presencial para contratar empresa para executar esse serviço.
A referida empresa contratou cerca de 50 trabalhadores murtinhenses que nesses 90 dias trabalharam intensamente para deixar toda a cidade com aspecto sustentável e nesse período a empresa cumpriu todos os contratos trabalhistas e beneficiou cada trabalhador com uma cesta básica junto com os proventos do mês, por este motivo a coordenadora da empresa na limpeza pública, Milene Gavilan liderou os colegas para juntos se reunir com o prefeito e com os vereadores para que a empresa permaneça em Murtinho ou se outra empresa ganhar a licitação garanta o emprego desses trabalhadores.
“Faz horas que Murtinho não recebe empresa séria como este que cumpre rigorosamente com os trabalhadores o pagamento e os benefícios combinados e cumprindo principalmente regras trabalhistas, por esta razão que estamos solicitando dentro das regras legais a permanência da empresa aqui em Murtinho”, diz Gavilan.
O presidente do Legislativo murtinhense, vereador Rodrigo Froés (PSD) acompanhou a reunião e recebeu os trabalhadores na câmara municipal na ocasião da realização da sessão ordinária desta terça-feira, 14. Nesta reunião ordinária o presidente queria ouvir o posicionamento dos demais pares da Casa Alta do município.