Derlei Delevatti coloca Porto Murtinho no projeto 'Indústrias sem Fronteiras'


O prefeito de Porto Murtinho Derlei Delevatti (PSDB), representado pelo secretário municipal de Finanças e Planejamentos, Carlos Alberto Heyn, assinou termo de adesão ao projeto Indústria sem Fronteiras, que será lançado pela Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems) no próximo dia 21 de março e busca atrair empreendimentos e investimentos de todo o Brasil para as cidades fronteiriças. A partir de agora, Porto Murtinho faz parte de um grupo de municípios brasileiros e paraguaios que vão atuar de forma conjunta, visando o desenvolvimento econômico e social.
Na última terça-feira, o secretário municipal de Finanças e Planejamentos, Carlos Alberto Heyn, representou o prefeito Derlei no ato e participou de reunião na Casa da Indústria, em Campo Grande, oportunidade que estiveram presidentes, o governador do Departamento de Amambay (Paraguai), Pedro González Ramírez, e 14 prefeitos de municípios da região de fronteira de Mato Grosso do Sul e do país vizinho. Todos eles assinaram termo de adesão ao projeto Indústria sem Fronteiras.
“O projeto é bastante interessante e pode representar a vinda de muitas indústrias e empresas para a nossa região. Com a vinda de novas indústrias, vamos ter além de um incremento na arrecadação de impostos, teremos a geração de empregos para a nossa população. Já assinamos o termo de adesão e agora no dia 21, vamos retornar a Campo Grande para participar do lançamento oficial na Casa da Indústria”, destacou Carlos Alberto Heyn que nesse ato vai estar acompanhado pelo prefeito Derlei Delevatti.
Já o presidente da Fiems, Sérgio Longen, durante a reunião apresentou ao secretário Carlos Heyn e aos demais gestores dos municípios do Estado e do Paraguai, explicando que o projeto será levado para todas as federações das indústrias do País, ou seja, os municípios sul-mato-grossenses que aderiram terão seu nome divulgado para potenciais investidores de diversas regiões brasileiras. “Foi um primeiro contato muito positivo porque mostra que os prefeitos do Estado e os intendentes do Paraguai estão alinhados à Indústria sem Fronteiras, o que fará toda diferença no produto, que visa dar oportunidade para que empresas brasileiras possam vir para o nosso Estado”, declarou.
Ele completa que os prefeitos estão ansiosos para atrair oportunidades aos seus municípios e, elas virão, pois, essas localidades serão apresentadas em todo o Brasil. “As empresas poderão conhecer as particularidades e vantagens de cada cidade, seja ela do lado sul-mato-grossense, seja do lado paraguaio. Isso fará a diferença para o desenvolvimento da nossa fronteira”, disse Sérgio Longen.

Confira abaixo a relação dos prefeitos e intendentes que assinaram o termo de adesão à Indústria sem Fronteiras:

1.Prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz Bandeira;
2.Prefeito de Antônio João, Márcia Marques;
3.Prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Garcia;
4.Prefeito de Bela Vista, Reinaldo Piti;
5.Prefeito de Caracol, Manoel dos Santos Viais;
6.Prefeito de Japorã, Vanderlei Bispo;
7.Prefeito de Paranhos, Dirceu Bettoni;
8.Prefeito de Sete Quedas, Francisco Piroli
9. Prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo,
10.Secretário Municipal de Obras de Coronel Sapucaia, Marcio Sergio da Silva;
11.Secretário Municipal de Planejamento de Porto Murtinho, Carlos Alberto Heyn;
12.Intendente de Salto Del Guairá, Carlos Cesar Haitter Cabrera;
13.Intendente de Bela Vista Norte, Mirkha Angélica Arguello Rojas;
14.Intendente de Zanja Pytá, Manuel Ramon Velasquez.