Prefeito Derlei Delevatti participa do I Seminário da Rede Universitária da RILA.


O Prefeito de Porto Murtinho Derlei Delevatti participou do I Seminário da Rede Universitária da Rota de Integração Latino-Americana, o evento iniciou hoje (23) e vai até o dia 25 de Outubro na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) e na Universidade Católica Dom Bosco, em Campo Grande.

Estão presentes representantes da Argentina, do Brasil, do Chile e do Paraguai. O Seminário visa discuti os “Desafios Sociais, Turísticos, Econômicos e Potencialidades Acadêmicas” relativas aos Corredor Bioceânico Rodoviário que tem como objetivo ligar o Mato Grosso do Sul aos portos do Chile.

São organizadores do evento: a Rota de Integração Latino-Americana (RILA), o Conselho de Reitores de Mato Grosso do Sul (Crie-MS), o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e o Ministério das Relações Exteriores. Coordenada pelo Crie-MS (em que fazem parte a UEMS, UFGD, UFMS, Uniderp, UCDB e IFMS), a Rede Universitária promove a integração das pesquisas sobre o impacto da Rota Bioceânica que liga MS ao oceano pacífico.

Para o Reitor da UEMS e presidente do Crie-MS, Fábio Edir dos Santos Costa, o Conselho, reforça o trabalho em conjunto entre as Instituições de Ensino Superior. “A primeira ação conjunta das Universidades foram os estudos da RILA (Rota de Integração Latino Americana), que ocorrem junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit). E este I Seminário é importante para discutirmos sobre os desafios e potencialidades diagnosticados”, comentou o reitor a UEMS.

Para o prefeito de Porto Murtinho, A importância de um evento como este se dá, principalmente, pela oportunidade de aprofundar parcerias que contribuem para tornar a rota rodoviária bioceânica um agente transformador das realidades econômicas e sociais dos países latino-americanos envolvidos. Nesse aspecto, as Universidades desempenham um papel de extrema importância, uma vez que os projetos voltados para a concretização deste corredor dependem, entre outras coisas, do estudo técnico e aprofundado realizado por estas instituições. 

No dia 23 ocorrerá duas mesas: O Corredor Bioceânico Rodoviário: Argentina, Brasil, Chile e Paraguai (às 15h 30); e Cooperação Acadêmica na Rota Universitária Bioceânica: Ensaios de Internacionalização e Mobilidade Acadêmica (às 19h30).

“A Rede Universitária da Rota Biocânica” será tema da primeira palestra do dia 24; e logo após professores Representantes das Instituições de Ensino Superior da Argentina, Brasil, Chile e Paraguai falarão sobre “Identificando Realidades da Rota Bioceânica: Argentina, Brasil, Chile e Paraguai”.

 Na UCDB também ocorrerá nos dias 24 e 25, programações do Seminário. Às 19h, do dia 24, será a abertura oficial do “IV Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão “Saberes em Ação UCDB”. No dia 25, a partir das 8h, a discussão será sobre a “Cooperação Acadêmica na Rota Universitária Bioceânica”. No período vespertino serão feitas propostas de trabalho da Rede de Universidades para a Rota Bioceânica (Plano de Cooperação Universitária - Intervenções Comunitárias e Produções Científicas) e a eleição da 2ª Coordenação da Rede Universitária Bioceânica 2018/2 e 2019/02.

Confira a programação completa  https://goo.gl/QFHtV4