18 C
Porto Murtinho
quarta-feira, 29 de maio de 2024

Dados Geográficos

Extensão Territorial

Área Territorial: 17.735km²
Ano de Instalação: 1912
Data da Emancipação Política (Aniversário da Cidade): 13/06/1912
Santa padroeira: Nossa Senhora de Caacupê (8/12)
Microrregião: Baixo Pantanal
Mesorregião: Pantanal Sul Mato-Grossense
Altitude da Sede: 90m
Distância à Capital: 440,00 Km (estrada)

Solo

  1. Latossolo – vermelho escuro – encontramos nas regiões planas e onduladas, e ocupa cerca de 1,5% da área do município.
  2. Podzólico – vermelho escuro – ocupa cerca de 1,3% da área do município, é argiloso e serve para qualquer tipo de cultura.
  3. Solonetz solodizado – é próprio para a pecuária. Apresenta lenta permeabilidade ficando num período prolongado de inundação. Ocupa cerca de 63% da área do município.
  4. Gele pouco úmida – São áreas úmidas e sujeitas a inundações. Ocupa cerca de 2,5% da área do município.
  5. Regossolo – É arenoso, com muito cascalho. Ocupa cerca de 20% da área do município sendo muito utilizado para pastagens.
  6. Vertissolo – Área argilosa – fica endurecido na seca e com encharcamento na chuva, ocupando uma área de 1%.
  7. Redizima argiloso – fica endurecido na seca e com encharcamento na chuva – 1%.
  8. Solos litólicos – muito cascalho. Área de 10% do município.

Hidrografia

HIDROGRAFIA DO MUNICÍPIO

Hidrografia – É a parte da geografia física dedicada ao estudo das águas.

– Os principais cursos de água do município são os rios Perdido, Apa, Paraguai, Nabileque, Naitaca, Aquidabã, Tereré e Amonguijá.

– Os rios nascentes no município são o Aquidabã, Tereré, Branco e Amonguijá.

– Os rios córregos nascentes no município são o Tarumã, Jatobá, Limoeiro, Serrinha, Jibóia, Água Fria, Ciena, Tomásia, Congonhas, Capivara, Getúlio, Laú-de-já, São Claro, Papagaio, Santa Teresa, Baguassú, Chatelodo, Rapadura, Triunfo, Lageado, Taquarussu, Formiga, São Paulo, Miguel, Santa Rosa, Figueira, Progresso e Sanga Funda.

– Vazantes: Bacaína, Apertado, Panela e Jacaré

Observação: A precipitação varia entre 1.100 a 1.800 mm anuais.

PERÍODO DA CHEIA

De novembro a março o nível das águas sobem, alagando grandes áreas. Nessa época os rebanhos são retirados para áreas mais altas.

PERÍODO DE SECA

De abril à outubro o nível das águas volta ao normal e os rebanhos voltam para o seu lugar de origem.