27.1 C
Porto Murtinho
domingo, 3 de março de 2024

Porto Murtinho divulga seus atrativos turísticos em feira no Paraguai

- Publicidade -

Com foco no mercado que se vislumbra a partir da implantação da Rota Bioceânica – corredor rodoviário em implementação para integrar o Brasil com o Paraguai, Argentina e Chile, a partir de Mato Grosso do Sul -, os municípios de Porto Murtinho, Bonito e Jardim, que fazem parte da Rota Pantanal Bonito, estarão divulgando seus atrativos turísticos de 23 a 27 de maio na Exposição Pioneiros do Chaco, maior feira do agronegócio do Alto Paraguai, em Loma Plata.


Os três municípios vão compartilhar um estande em um dos pavilhões do evento para apresentar seus roteiros turísticos, com folhetagem e vídeos. Os organizadores da feira estimam que os negócios vão atrair mais de 25 mil produtores e empresários da região. Os prefeitos de Porto Murtinho, Nelson Cintra, Josmail Rodrigues, de Bonito, e Clediane Areco Matzenbacher, de Jardim, vão participar do evento com seus secretários de Turismo.

Para o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur), Bruno Wendling, a iniciativa dos três municípios é importante e estratégica. “A rota ainda está se viabilizando com a construção da ponte no Rio Paraguai, mas a presença dos destinos nessa feira é oportuna no sentido de testar o público, saber como ele se comporta em relação a essa ligação terrestre e seu interesse em conhecer as nossas belezas naturais”, disse o dirigente.

Novos produtos
Bruno destacou o fato de a presença dos três municípios na feira estar focada na apresentação dos destinos aos colonos menonitas, que são maioria na região e tem interesse em conhecer Bonito e Pantanal. “Há um objetivo bem claro para alcançar o investimento que está sendo feito, apostando no sucesso dessa nova rota entre Mato Grosso do Sul e o Chile, na troca de experiências e formatação de novos produtos para serem lançados de fato”, pontuou.


A iniciativa partiu de Porto Murtinho, que faz fronteira com Carmelo Peralta, no Paraguai – duas cidades que estão na rota a Bioceânica. “Será a primeira de uma série de ações que pretendemos desenvolver no trecho da Bioceânica, com o intuito de divulgar nossos atrativos de natureza, pesca, observação de aves, a cultura, gastronomia e também nossa história”, explicou Clayton Castilho, secretário municipal de Cultura, Turismo e Desenvolvimento Local.

A secretaria de Turismo, Indústria e Comércio de Bonito, Juliane Salvadori, também aposta nesta ação estratégica, salientando que o Paraguai hoje é o principal emissor de turistas da América Latina ao destino. “É um mercado muito importante para nós, com grande potencial para crescer pela proximidade (220 km) de Bonito com a fronteira. É fundamental fazer esta ação, os paraguaios tem muito interesse em conhecer os nossos atrativos”, comentou.

Leia também

- Publicidade -

Últimas Notícias

EXTRATO DO AVISO DE LICITAÇÃO

- Publicidade-